ENVIE O SEU VÍDEO!

Agora é a sua vez de contar uma história de gente que superou dificuldades e construiu a partir do seu esforço dias melhores.

Pode ser um relato sobre você, um familiar, um colega de trabalho ou até mesmo um conhecido. O que vale aqui é compartilhar e ampliar essa corrente de otimismo e confiança num futuro melhor. Afinal, você está em Santa Catarina: Terra de Gente que Faz a Diferença!

Formatos aceitos: flv, mp4, m3u8, ts, 3gp, mov, avi, wmv

Tamanho máximo do video: 300MB

Envie seu vídeo

Veja os termos de uso Como enviar um vídeo?

Santa Catarina já enfrentou e sobreviveu a muitas crises. 

E sabemos que ainda podemos enfrentar essa um bom tempo. 

Então, o que nos resta fazer?

O óbvio nessa situação é ficarmos imóveis, cortar investimentos,  reduzir a produção e suspender novos projetos.

Mas enquanto muitos fazem o óbvio, os catarinenses fazem a diferença.

E a capacidade de reinvenção é a fonte onde bebem os nossos vencedores.

Por isso, a Assembleia Legislativa de Santa Catarina criou um movimento que deseja expulsar o pessimismo.

Que deseja despertar o empreendedorismo que sempre nos caracterizou.

Como fazer isso? Mostrando exemplos reais de catarinenses que fazem a diferença.

“Santa Catarina: Gente que faz a diferença” é uma iniciativa de quem acredita no otimismo, esse querido amigo de todos os momentos de crise.

Para que ele se dissemine, se instale na nossa cabeça, nas nossas empresas, na nossa sociedade.

Nós acreditamos nisso.

Acreditamos que esse é o momento de inovar, de ser diferente. De fazer a diferença.

Gente que faz a diferença

Começou com uma Kombi velha. Hoje sua fábrica exporta para mais de 100 países.

Conheça a história deste ator e jornalista que faz acontecer.

Conheça o projeto "Cãoterapia".

Gente que faz a diferença

O que era um sonho de faculdade se transformou na empresa que mais cresceu nos últimos 3 anos no Brasil.

Ele é proprietário de uma das maiores beneficiadoras de arroz do país.

Ela inovou em um mercado bastante tradicional e a crise está passando longe da sua porta.

Ela criou projeto para construção de casas modulares de contêineres com baixo custo.

Sua empresa produz mais de 200 mil peças de roupas / mês.

Ela atendeu o convite de suas vizinhas e se tornou uma voluntária.

Ela quer tornar a linguagem jurídica mais próxima da população.

Ela emagreceu 30 kg para doar uma parte do seu fígado e salvar uma criança que não conhecia.

Ele decidiu trabalhar com o quê sempre sonhou, a fabricação de barcos.

Ele começou vendendo cachorro quente em um trailer e hoje, com negócio bem estruturado, está abrindo sua 2ª loja.

Ser voluntário para ele é um chamado para a felicidade.

Ele já passou muitas crises a frente de suas empresas e conta o segredo para superá-las.

Ele e seu sócio apostaram numa ideia e criaram a própria marca.

Esse senhor exerceu diariamente a medicina até seus 93 anos.

Ele criou um projeto que ajudou a salvar a vida de muitos animais

Ele faz a diferença através da "Palhaçoterapia".

Ele é servidor público e voluntário há 37 anos.

Eles levam amor, caridade, compaixão e esperança àqueles que mais precisam.

Ela leva doses de alegria e muito amor aos hospitais de Santa Catarina.

Mesmo tendo alcançado seu tempo de serviço para aposentadoria em 2011, continua na ativa, pois vê em sua profissão a oportunidade de salvar vidas.

Há 13 anos ela ajuda a salvar vidas como Bombeira Voluntária em Joinville.

Após sua aposentadoria e perda de um ente querido, ela se dedicou de corpo e alma a uma causa.

Da sua paixão pela arte de produzir cerveja artesanal, ele criou o próprio negócio.

Ela adotou 54 filhos. Já tem 36 netos e dois bisnetos.

Dona Alda e seu Rádio Amador fizeram a diferença em uma das grandes enchentes que atingiu Blumenau.

Sua rede de supermercados emprega ao todo 5500 pessoas.

A Ana criou seu próprio negócio e conta como um bom apoio pode fazer toda a diferença.

Ele foi para os Estados Unidos tentar uma nova vida e acabou lutando na Guerra do Afeganistão.

Visitar instituições de caridade faz parte da sua rotina.

Ele e dois amigos saíram de Florianópolis para ajudar as vítimas do tornado de Xanxerê.

A devoção a Frei Bruno está presente em sua vida desde o nascimento.

A Juliane está mobilizando a sociedade para pagar o tratamento do seu filho Miguel Henrique, portador de uma doença rara.

Ele participou do resgate no Morro do Baú em 2008 e ajudou a salvar 150 vidas.

Ele quer fortalecer a cultura em Santa Catarina compartilhando da sua experiência como músico, compositor e ator.

O voluntariado está presente no seu dia a dia. Está criando uma rede de voluntariado no Instagram.

Os amigos Sidney e Nelson são organizadores do Stammtisch no distrito de Pirabeira em Joinville.

Tem uma carreira dedicada ao esporte e ao desenvolvimento de novos talentos no futebol.

Com a sua esposa criou uma fábrica de biscoitos e café colonial que mudou a cara da comunidade.

Seus projetos sociais atendem 4 mil crianças todos os dias.

Sua organização está ajudando a transformar vidas no Bairro Morretes em Itapema.

Gente que faz a diferença

Começou com uma Kombi velha. Hoje sua fábrica exporta para mais de 100 países.

Conheça a história deste ator e jornalista que faz acontecer.

Conheça o projeto "Cãoterapia".

O que era um sonho de faculdade se transformou na empresa que mais cresceu nos últimos 3 anos no Brasil.

Ele é proprietário de uma das maiores beneficiadoras de arroz do país.

Ela inovou em um mercado bastante tradicional e a crise está passando longe da sua porta.

Ela criou projeto para construção de casas modulares de contêineres com baixo custo.

Sua empresa produz mais de 200 mil peças de roupas / mês.

Ela atendeu o convite de suas vizinhas e se tornou uma voluntária.

Ela quer tornar a linguagem jurídica mais próxima da população.

Ela emagreceu 30 kg para doar uma parte do seu fígado e salvar uma criança que não conhecia.

Ele decidiu trabalhar com o quê sempre sonhou, a fabricação de barcos.

Ele começou vendendo cachorro quente em um trailer e hoje, com negócio bem estruturado, está abrindo sua 2ª loja.

Ser voluntário para ele é um chamado para a felicidade.

Ele já passou muitas crises a frente de suas empresas e conta o segredo para superá-las.

Ele e seu sócio apostaram numa ideia e criaram a própria marca.

Esse senhor exerceu diariamente a medicina até seus 93 anos.

Ele criou um projeto que ajudou a salvar a vida de muitos animais

Ele faz a diferença através da "Palhaçoterapia".

Ele é servidor público e voluntário há 37 anos.

Eles levam amor, caridade, compaixão e esperança àqueles que mais precisam.

Ela leva doses de alegria e muito amor aos hospitais de Santa Catarina.

Mesmo tendo alcançado seu tempo de serviço para aposentadoria em 2011, continua na ativa, pois vê em sua profissão a oportunidade de salvar vidas.

Há 13 anos ela ajuda a salvar vidas como Bombeira Voluntária em Joinville.

Após sua aposentadoria e perda de um ente querido, ela se dedicou de corpo e alma a uma causa.

Da sua paixão pela arte de produzir cerveja artesanal, ele criou o próprio negócio.

Ela adotou 54 filhos. Já tem 36 netos e dois bisnetos.

Dona Alda e seu Rádio Amador fizeram a diferença em uma das grandes enchentes que atingiu Blumenau.

Sua rede de supermercados emprega ao todo 5500 pessoas.

A Ana criou seu próprio negócio e conta como um bom apoio pode fazer toda a diferença.

Ele foi para os Estados Unidos tentar uma nova vida e acabou lutando na Guerra do Afeganistão.

Visitar instituições de caridade faz parte da sua rotina.

Ele e dois amigos saíram de Florianópolis para ajudar as vítimas do tornado de Xanxerê.

A devoção a Frei Bruno está presente em sua vida desde o nascimento.

A Juliane está mobilizando a sociedade para pagar o tratamento do seu filho Miguel Henrique, portador de uma doença rara.

Ele participou do resgate no Morro do Baú em 2008 e ajudou a salvar 150 vidas.

Ele quer fortalecer a cultura em Santa Catarina compartilhando da sua experiência como músico, compositor e ator.

O voluntariado está presente no seu dia a dia. Está criando uma rede de voluntariado no Instagram.

Os amigos Sidney e Nelson são organizadores do Stammtisch no distrito de Pirabeira em Joinville.

Tem uma carreira dedicada ao esporte e ao desenvolvimento de novos talentos no futebol.

Com a sua esposa criou uma fábrica de biscoitos e café colonial que mudou a cara da comunidade.

Seus projetos sociais atendem 4 mil crianças todos os dias.

Sua organização está ajudando a transformar vidas no Bairro Morretes em Itapema.

Gente que faz a diferença

Começou com uma Kombi velha. Hoje sua fábrica exporta para mais de 100 países.

Conheça a história deste ator e jornalista que faz acontecer.

Conheça o projeto "Cãoterapia".

O que era um sonho de faculdade se transformou na empresa que mais cresceu nos últimos 3 anos no Brasil.

Ele é proprietário de uma das maiores beneficiadoras de arroz do país.

Ela inovou em um mercado bastante tradicional e a crise está passando longe da sua porta.

Ela criou projeto para construção de casas modulares de contêineres com baixo custo.

Sua empresa produz mais de 200 mil peças de roupas / mês.

Ela atendeu o convite de suas vizinhas e se tornou uma voluntária.

Ela quer tornar a linguagem jurídica mais próxima da população.

Ela emagreceu 30 kg para doar uma parte do seu fígado e salvar uma criança que não conhecia.

Ele decidiu trabalhar com o quê sempre sonhou, a fabricação de barcos.

Ele começou vendendo cachorro quente em um trailer e hoje, com negócio bem estruturado, está abrindo sua 2ª loja.

Ser voluntário para ele é um chamado para a felicidade.

Ele já passou muitas crises a frente de suas empresas e conta o segredo para superá-las.

Ele e seu sócio apostaram numa ideia e criaram a própria marca.

Esse senhor exerceu diariamente a medicina até seus 93 anos.

Ele criou um projeto que ajudou a salvar a vida de muitos animais

Ele faz a diferença através da "Palhaçoterapia".

Ele é servidor público e voluntário há 37 anos.

Eles levam amor, caridade, compaixão e esperança àqueles que mais precisam.

Ela leva doses de alegria e muito amor aos hospitais de Santa Catarina.

Mesmo tendo alcançado seu tempo de serviço para aposentadoria em 2011, continua na ativa, pois vê em sua profissão a oportunidade de salvar vidas.

Há 13 anos ela ajuda a salvar vidas como Bombeira Voluntária em Joinville.

Após sua aposentadoria e perda de um ente querido, ela se dedicou de corpo e alma a uma causa.

Da sua paixão pela arte de produzir cerveja artesanal, ele criou o próprio negócio.

Ela adotou 54 filhos. Já tem 36 netos e dois bisnetos.

Dona Alda e seu Rádio Amador fizeram a diferença em uma das grandes enchentes que atingiu Blumenau.

Sua rede de supermercados emprega ao todo 5500 pessoas.

A Ana criou seu próprio negócio e conta como um bom apoio pode fazer toda a diferença.

Ele foi para os Estados Unidos tentar uma nova vida e acabou lutando na Guerra do Afeganistão.

Visitar instituições de caridade faz parte da sua rotina.

Ele e dois amigos saíram de Florianópolis para ajudar as vítimas do tornado de Xanxerê.

A devoção a Frei Bruno está presente em sua vida desde o nascimento.

A Juliane está mobilizando a sociedade para pagar o tratamento do seu filho Miguel Henrique, portador de uma doença rara.

Ele participou do resgate no Morro do Baú em 2008 e ajudou a salvar 150 vidas.

Ele quer fortalecer a cultura em Santa Catarina compartilhando da sua experiência como músico, compositor e ator.

O voluntariado está presente no seu dia a dia. Está criando uma rede de voluntariado no Instagram.

Os amigos Sidney e Nelson são organizadores do Stammtisch no distrito de Pirabeira em Joinville.

Tem uma carreira dedicada ao esporte e ao desenvolvimento de novos talentos no futebol.

Com a sua esposa criou uma fábrica de biscoitos e café colonial que mudou a cara da comunidade.

Seus projetos sociais atendem 4 mil crianças todos os dias.

Sua organização está ajudando a transformar vidas no Bairro Morretes em Itapema.